Radio Atlântida

quarta, 16 outubro 2019 09:13

Mais de 10 300 micaelenses frequentaram as consultas de nutrição da USISM em 2018

Em 2018, dos cerca de 152 000 micaelenses inscritos na Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel (USISM), 10 320 frequentaram as consultas de nutrição dos cinco centros de saúde de São Miguel. Após o primeiro atendimento, cerca de 25% dos utentes faltaram às consultas. A informação foi avançada, à Atlântida, pela nutricionista daquela unidade de saúde, em pleno Dia Mundial da Alimentação.

 

Sara Gaipo referiu que a maioria das pessoas falha às consultas por não ter cumprido com o plano estabelecido, afirmando que “muitas vezes as pessoas vão com ideias erradas do que é ter uma alimentação saudável”.

 

“Muitas vezes as pessoas vêm à consulta com ideias erradas do que é fazer uma dieta ou, no geral, do que é ter uma alimentação saudável que nos permite a perda de peso ou manter um peso saudável”, diz a nutricionista, acrescentando que as pessoas “pensam que vão passar fome e ficam muito surpresas quando na verdade o plano que lhes prescrevemos e aquilo que aconselhamos passa por ter várias refeições por dia e muitos comentam que é mais do que aquilo que estão habituados”.

 

  

A nutricionista refere, ainda, que o número de utentes tem aumentado em relação aos últimos anos, afirmando que “tanto os profissionais de saúde como os utentes estão mais alertas para uma alimentação e um estilo de vida saudáveis”, revelando que no Centro de Saúde de Ponta Delgada existe lista de espera para aquela consulta, por este acolher, também, o concelho de Lagoa.

 

A responsável diz que há mais mulheres, na faixa etária entre os 18 e os 65 anos, a frequentar as consultas de nutrição. Quanto aos homens estes frequentam-nas em menor número, por não estarem “motivados”. Já as crianças não frequentam as consultas de nutrição devido à incompatibilidade de horários entre escola e centros de saúde e por dependerem da disponibilidade dos pais.

 

A nutricionista menciona que no Centro de Saúde de Ponta Delgada os utentes “são referenciados pelos profissionais de saúde”, embora nos restantes centros “é possível pedir consulta por iniciativa própria”. Sara Gaipo diz que os utentes referenciados têm)excesso de peso, diabetes, hipertensão, entre outras. 

 

A profissional de saúde diz que a má alimentação das pessoas não se deve por falta de informação, mas porque os “maus hábitos já estão enraizados”. A falta de tempo, de atividade física e de organização do dia a dia, no que toca à alimentação são as razões apontadas pelos utentes daquelas consultas.  

 

A nutricionista adianta, ainda, que de acordo com os dados do Inquérito Alimentar e da Atividade Física realizado em 2015/2016, somos a região de Portugal com “a maior taxa de inadequação de consumo de frutas e vegetais”.

 

 “Cerca de 70% dos açorianos não consome frutas e vegetais que é recomendado pela OMS [Organização Mundial da Saúde] que é cerca de 400 gramas por dia e andamos à volta dos 300 gramas”, revelou a nutricionista, adiantando que “os açorianos são aqueles que apresentam uma menor ingestão de água, apenas 600 ml por dia e, também, somos aqueles que consumimos mais produtos lácteos, leite e derivados e, infelizmente, somos aqueles que consomem mais refrigerantes e néctares”. Sara Gaipo afirma que “como melhor indicador desta inadequação de hábitos será o peso”, acrescentando que “cerca de 61% dos açorianos apresenta excesso de peso, ou seja, já tem uma pré-obesidade ou obesidade”.

 

Já o excesso de peso e obesidade na população com menos de 18 anos no Açores é de 31,5%, enquanto que a média nacional é de 29%, ou seja, “uma em cada três crianças tem excesso de peso”. 

 

Sara Gaipo referiu que deveríamos optar por uma dieta mediterrânea, preferindo fruta e legumes da época e “alimentos de produção local”, apostando numa alimentação variada, no consumo de alimentos de origem vegetal, como os cereais pouco refinados, fruta, hortícolas, leguminosas secas e frutos secos. Utilizar o azeite, beber água, evitar as carnes vermelhas e praticar atividade física são outras das recomendações.

 

Como forma de assinalar o dia, todos os centros de saúde da USISM têm atividades programadas. Nas escolas haverá sessões de educação alimentar e o Centro de Saúde da Povoação vai promover o “Cantinho das aromáticas”. Já o Gabinete de Comunicação e Imagem daquela unidade de ilha vai lançar vários vídeos nas redes sociais com sugestões de como ir às compras.

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores