Radio Atlântida

terça, 03 setembro 2019 09:09

Mais de 700 animais abandonados nos primeiros oito meses deste ano no Canil de Ponta Delgada

Entre janeiro e agosto deste ano foram abandonados, no Canil Municipal de Ponta Delgada, 713 animais, sendo que 418 são cães e 295 gatos. Um aumento em relação ao ano passado em mais de 170 animais. Os dados foram avançados, à Atlântida, pelo médico veterinário daquele canil. 

Virgílio Oliveira refere que, apesar de a legislação responsabilizar os detentores de animais, ainda há quem não lhes coloque chip, acabando por abandoná-los.

 

Relativamente às adoções, foram adotados 307 cães e 205 gatos. O médico veterinário refere que houve um aumento para fora da região. 

  

“Estamos a falar de 510 cães e gatos adotados e este número é bastante elevado, tendo em conta a nossa capacidade, em termos de ilha, de adotar animais e só se explica com os animais que têm, sucessivamente, ido para ‘fora de portas’, ou seja, uns para o estrangeiro, outros para Portugal Continental”, afirma Virgílio Oliveira. O responsável explicou que “isso se deve muito ao facto de haver grupos organizados que levam estes animais para fora”, afirmando que “isso para nós é ótimo”. O médico veterinário salienta que “é a única maneira que temos de doar animais neste momento, porque, em termos de animais que são doados em São Miguel, a capacidade é muito diminuta e restrita”.

 

Virgílio Oliveira diz que dos 510 animais adotados, cerca de 150 ficaram na ilha de São Miguel e os restantes foram para fora do arquipélago. 

 

Sobre o processo de adoção, o responsável explicou que este é muito simples e que basta a pessoa deslocar-se àquele canil, ou através do site da Câmara de Ponta Delgada e escolher um animal. O médico veterinário referiu que os animais já estão castrados, identificados eletronicamente e têm programa vacinal, salientando que a adoção é gratuita. 

 

Virgílio Oliveira diz que a partir do mês de outubro haverá uma nova obrigação, sendo que, agora, os gatos, também, vão possuir identificação eletrónica.

 

 “A identificação animal dos gatos e dos cães irá ter uma nova legislação e vai haver uma obrigatoriedade, a partir do mês de outubro, para a identificação dos gatos”, revelou o responsável, explicando que “os gatos vão ter de ser identificados eletronicamente”, recordando que “essa obrigação já existia para os cães”. O médico veterinário diz que “existe duas bases de dados, mas a partir daquele mês, vai existir apenas uma em termos de identificação”, frisando que “as responsabilidades dos detentores irão acrescer àquelas que já estão definidas pela lei”.

 

Quanto aos abates, o médico veterinário refere que “desde 2018, o Canil de Ponta Delgada assumiu que não abateria mais animais, ou seja, é um canil de abate zero”. 

 

Questionado sobre o que acontece com os animais em fim de vida, doentes terminais ou acidentados sem recuperação, Virgílio Oliveira afirma que os abatem, frisando que “este número é cada vez mais incipiente”, adiantando que abateram, naquelas condições, cerca de duas dezenas de animais.  

 

Atualmente, o canil conta com 140 cães e 78 gatos. 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores