Radio Atlântida

segunda, 01 julho 2019 08:30

II Congresso Regional dos Psicólogos reflete o contributo da psicologia no desenvolvimento da sociedade

Aproximar os psicólogos das entidades dos poderes regionais e locais é um dos objetivos do II Congresso Regional dos Psicólogos dos Açores que vai decorrer, entre 24 e 26 de outubro, em Ponta Delgada. Ao contrário da primeira edição, esta será um espaço de debate entre comunidade, psicólogos e entidades competentes.

 

Debater e analisar o trabalho que tem sido feito e que pode ser desenvolvido, junto das diversas entidades, é outra das intenções do congresso.

 

 “Queremos trabalhar, naturalmente, faz parte da nossa missão, em prol da população e dos destinatários do Serviço de Psicologia, enquanto especialistas do comportamento humano”, disse a Maria da Luz Melo, presidente da delegação regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos Portugueses. A responsável afirmou que “será uma oportunidade de debater e analisar o trabalho da psicologia, aquilo que os psicólogos podem fazer em prol da sociedade e do desenvolvimento da região em que nos inserimos”. Maria da Luz Melo acrescentou, ainda, que “o caminho de aproximação às entidades é bastante importante e relevante”. 

  

Maria da Luz Melo, presidente da delegação regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos Portugueses, em entrevista, à Atlântida, adiantou que já existem alguns programas na região, dando exemplo, na área da saúde, do Programa de Prevenção da Depressão; na educação, a intervenção dos psicólogos nas escolas, numa perspetiva de prevenção e promoção da saúde e sucesso escolar; junto da tutela, têm promovido a qualidade dos serviços da psicologia nas instituições; bem como colaborado nos pareceres que são pedidos àquela ordem, por algumas secretarias e pela Assembleia Legislativa Regional, com o intuito de se pronunciarem sobre algumas problemáticas que são daquela área, como o parecer que deram sobre a proteção das pontes, relativamente ao suicídio.

 

Questionada se a população está mais familiarizada com a psicologia, a responsável pensa que “sim”, embora exista, ainda, “estigma principalmente na área da saúde mental”. Apesar de tudo, já há mais “abertura” por parte das pessoas em falar de “forma livre de preconceitos” dos apoios que têm daquela área, sentindo “menos vergonha e receio em falar, socialmente, daquele recurso”. A psicóloga alerta, no entanto, para a procura atempada, “porque é uma forma de evitar o aparecimento de situações crónicas que, para além do mau estar e sofrimento que causa à pessoa, tem implicações na sociedade”. 

 

Sobre o que falta fazer, a presidente da delegação regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos alerta que há que sensibilizar mais a população e os locais de trabalho sobre problemáticas que possam existir; haver maior valorização dos psicólogos na área da saúde; na educação, falta os psicólogos trabalharem nas questões da promoção do sucesso educativo e de consultadoria nas escolas e de apoio aos professores; e ter um psicólogo a trabalhar nas áreas do ambiente e da crise e catástrofe.

 

Maria da Luz Melo adiantou que haverá diversos palestrantes, como diretores e secretários regionais, o presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, jornalistas, entre outros.

 

Um congresso que vai abordar diversas áreas.

 

“Temos questões relacionadas com a saúde. Vamos ter em debate as questões da prevenção da doença e promoção da saúde; com a educação e a promoção do sucesso escolar”, adiantou a responsável, acrescentando que “vamos abordar questões sobre a empregabilidade, como o ambiente, também, com a intervenção da crise e catástrofe, pelas características da região onde estamos, e, também, outras problemáticas relacionadas com o trabalho, nomeadamente os riscos psicossociais no local de trabalho e, também, ao nível da intervenção comunitária”.

 

A responsável revelou, ainda, que o congresso contará com diversos ateliers, com psicólogos especialistas em desporto, crise e catástrofes e ambiente.

 

Haverá, ainda, no dia 23, um workshop com o psicólogo norte-americano John Norcross, que vai falar sobre como adequar as intervenções em cada utente. Uma formação que terá um custo de 100 euros. 

 

Uma iniciativa aberta a todos os psicólogos e público em geral, sendo que as inscrições decorrem através do site do evento (http://www.eventos.ordemdospsicologos.pt/product/ii-congresso-dos-psicologos-dos-acores/), com um custo que varia entre os 20 e os 65 euros, dependendo da data de inscrição.

 

A 2.ª edição o Congresso Regional dos Psicólogos dos Açores realiza-se de 24 a 26 de outubro, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada. 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores