Radio Atlântida

quinta, 09 maio 2019 19:31

Programa Regional de Vacinação regista taxa de cobertura vacinal de 99% em 2018

O Diretor Regional da Saúde afirmou hoje, na Horta, que os Açores são um exemplo pela taxa de cobertura vacinal de 99% do Programa Regional de Vacinação.

 

“Para o Programa Regional de Vacinação foram definidas determinadas metas que importa regularmente aferir se estão a ser atingidas. Neste sentido, na avaliação anualmente realizada, é possível verificar que conseguimos ultrapassar as metas estabelecidas para a vacina contra o vírus do Papiloma Humano (HPV) e para as restantes vacinas”, adiantou Tiago Lopes, que falava na apresentação dos dados de 2018.

 

Com metas definidas para taxas de cobertura vacinal de 85% para a vacina contra o HPV e de 95% para as restantes, Tiago Lopes destacou os resultados atingidos com a implementação do Programa Regional de Vacinação.

 

  

“Em todas as 'coortes' analisadas conseguimos uma cobertura vacinal superior a 97% para a primeira dose e todas ultrapassaram a meta dos 85% para a segunda dose da vacina contra o HPV, variando a taxa de cobertura entre os 90%  da 'coorte' de 2007-11 anos e os 97% da 'coorte' 2005-13 anos", salientou.

 

"No que diz respeito ao esquema recomendado, foi ultrapassado o objetivo de 95% para todas as idades, vacinas e doses avaliadas até aos 14 anos e, no esquema cumprido, a proporção de utentes vacinados foi sempre de cerca de 99%”, acrescentou Tiago Lopes.

 

No Programa Regional de Vacinação, que foi alvo de alterações em 2017, estão incluídas as vacinas contra o sarampo, o vírus do papiloma humano (HPV), o tétano e difteria, a tuberculose e a rubéola, entre outras.

 

O Diretor Regional referiu que, relativamente à vacinação contra o sarampo, a cobertura vacinal para a primeira dose, avaliada aos dois anos de idade ('coorte' de 2016), foi de 99% e para a segunda dose, nos menores de 18 anos de idade, variou entre os 96% da 'coorte' de 2006 e os 100% das 'coortes' de 2000 e 2010.

 

“Na vacinação atempada (idade recomendada), aos três meses de idade cerca de 99% das crianças já tinha cumprido o calendário recomendado no programa para a primeira dose das vacinas contra a tosse convulsa e contra infeções por pneumonia, e mais de 96% das crianças com 13 meses já estavam protegidas contra o sarampo e contra a doença invasiva por meningite C", frisou Tiago Lopes.

 

No que concerne a grupos específicos, como no caso da vacinação contra a tosse convulsa na gravidez e da vacinação contra o tétano em adultos, cerca de 75% das grávidas foram vacinadas em 2018 e a cobertura vacinal relativamente à vacina contra o tétano em adultos de 65 anos de idade foi de 79% na 'coorte' de 1953 e de 89% e 96%, respetivamente, nas 'coortes' de 1973 (45 anos) e de 1993 (25 anos).

 

Relativamente à vacinação contra a tuberculose, em que apenas são elegíveis crianças pertencentes a grupos de risco, Tiago Lopes afirmou que na 'coorte' de 2018 foram vacinadas 284 crianças (13%).

 

“Estes dados são particularmente importantes numa época em que, um pouco por todo o mundo, os programas de vacinação estão a ser vítimas do seu sucesso, dando azo ao aparecimento de movimentos de antivacinação sem fundamento”, frisou o Diretor Regional.

 

Tiago Lopes salientou que o sucesso alcançado foi possível graças aos "heróis da vacinação”, que diariamente contribuem para a proteção de milhares de vidas.

 

“Falamos dos profissionais de saúde que asseguram a administração das vacinas, dos pais e cuidadores que vacinam os seus, das políticas de vacinação que asseguram o acesso equitativo à vacinação e dos investigadores”, disse o Diretor Regional.

 

Tiago Lopes relembrou que a vacinação é um direito, um dever, um ato de cidadania, de responsabilidade e de solidariedade, na defesa individual e coletiva pela saúde pública, pelo que promover a cobertura universal da vacinação é um imperativo num mundo de desafios globais.

 

“Sendo a vacinação uma das armas mais eficazes em termos de saúde pública, é importante destacar que a Região, com todas as suas condicionantes arquipelágicas, conseguiu obter resultados exemplares”, sublinhou Tiago Lopes.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores