Radio Atlântida

sexta, 26 abril 2019 09:10

Estratégias para a conservação em ambientes insulares em debate em Ponta Delgada

Estratégias para a conservação em ambientes insulares em debate em Ponta Delgada SPEA

“Desafios e Estratégias para a conservação em ambientes insulares” é como se intitula a conferência que vai decorrer, na próxima segunda e terça-feira, em Ponta Delgada. 

 

Organizado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), através do projeto Life+ Terras do Priolo, o evento, que vai contar com especialistas nacionais e internacionais, tem como objetivo não só mostrar o trabalho que a SPEA tem desenvolvido, mas também “fazer uma partilha de experiências com projetos que têm desafios e problemáticas semelhantes, de forma a desenhar o futuro deste tipo de intervenções e conservação da natureza”.

 

Estarão representados nesta conferência internacional 13 projetos LIFE de vários países, incluindo Portugal, assim como outras entidades regionais.

 

“São projetos não só nacionais, como é o caso da Gran Canária, Itália, e as Regiões Ultraperiféricas francesas, ou seja, são trabalhos de grande dimensão e que é relevante destacar”, refere Rui Botelho, coordenador do projeto Life+ Terras do Priolo. O responsável adianta que “há, também, trabalhos das entidades regionais, como a Direção Regional do Ambiente, a Direção Regional dos Recursos Florestais, Parque de Ciência e Tecnologia, a Universidade dos Açores, entre outros, bem como teremos oradores na área do Turismo Sustentável”.

 

Na conferência, será divulgado o trabalho e os resultados obtidos ao longo da implementação deste projeto para conservação do Priolo (ave endémica açoriana). O Life+ Terras do Priolo arrancou em 2013 e termina em junho deste ano, tendo o responsável adiantado alguns dos resultados obtidos.

 

“O primeiro, e que é sempre a bandeira, é que protegemos o priolo em extinção. Quando começamos em 2003, o priolo era uma espécie de estado típico de extinção, ou seja, estavam identificados menos de 400 indivíduos na natureza, quando, em 2018, temos 970 indivíduos e, isto, demonstra que, a nível internacional, o priolo está num estado vulnerável”, afirma. Rui Botelho acrescenta que “isto significa que se trata de um exemplo de sucesso para os Açores de como se pode reverter o processo de extinção de uma espécie, sendo que, depois, há todo um outro trabalho ao nível do restauro dos habitats que, neste momento, temos mais que 400 hectares de floresta laurissilva intervencionada”.

 

O Life+ Terras do Priolo resulta de uma parceria entre a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e a secretaria regional de Energia, Ambiente e Turismo (SREAT), com a contribuição do instrumento financeiro LIFE da Comunidade Europeia.

 

Conservação de flora e fauna ameaçada”; Desafios da comunicação da Rede Natura 2000; Impacto socioeconómico da Rede Natura 2000; Controlo de mamíferos invasores; e “Restauração de habitats insulares” são os temas dos painéis.

 

Haverá, ainda, a realização de um workshop sobre “Limpeza e Reabilitação de Rios e Ribeiras com Técnicas de Engenharia Natural”, uma “temática muito ligada às linhas de água nos Açores”.

 

A participação no evento é aberta a qualquer pessoa, apenas requer inscrição (gratuita), através do blogue da SPEA Açores (http://speaacores.blogspot.com/p/conferencia.html).

 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores