Radio Atlântida

quarta, 28 novembro 2018 21:25

Estratégia do turismo dos Açores focada nas pessoas por via de investimentos na qualificação do destino, afirma Marta Guerreiro

Estratégia do turismo dos Açores focada nas pessoas por via de investimentos na qualificação do destino, afirma Marta Guerreiro Gacs

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo adiantou hoje, na Horta, que o Plano e Orçamento para 2019 na área do turismo prevê um investimento global de 29 milhões de euros, um crescimento de 3% face ao ano em curso, fazendo “face aos grandes desafios do setor”, o principal dos quais é a qualificação do destino, com uma dotação de cerca de 4,6 milhões de euros, que cresce 14% face ao corrente ano, “muito enfocada na valorização dos recursos humanos”.

 

Marta Guerreiro, que falava na Assembleia Legislativa, no debate do Plano e Orçamento para o próximo ano, salientou que “o foco principal estará na formação dos profissionais do setor”, numa estreita colaboração com a Escola de Formação Turística e Hoteleira, através de “um plano de qualificação e valorização para ativos na área do turismo”, já iniciado e que chegará a todas as ilhas muito em breve.

 

A governante sublinhou ainda a parceria com a AHRESP, num Programa de Formação do Património Gastronómico dos Açores, e com o IPDT, “por via de uma formação sobre atendimento para profissionais do setor, criando uma cultura consolidada de serviço e bem receber na Região”.

   

A Secretária Regional frisou que o Governo dos Açores trabalha “pelas pessoas”, salientando que, “sem elas, o setor do turismo não se encontraria tão fortalecido”.

 

Para Marta Guerreiro, os atuais desafios de qualificação “existem pela verdadeira atratividade atual do turismo dos Açores, que tem permitido aos Açorianos novas perspetivas de empreendedorismo em todas as ilhas, sem exceção, sobretudo na classe mais jovem, que vê agora no setor melhores oportunidade para as suas vidas”.

 

Marta Guerreiro destacou investimentos que valorizam o destino turístico, nomeadamente o projeto da Casa dos Botes, nas Lajes do Pico, e a construção das infraestruturas de apoio às empresas marítimo-turísticas da Horta.

 

A titular da pasta do Turismo referiu ainda a manutenção dos atuais programas de turismo sénior e o lançamento de um programa de turismo inclusivo como medidas “positivas na distribuição de fluxos turísticos por todas as ilhas ao longo do ano”, dando nota também da continuação da angariação de eventos desportivos, culturais e de negócios, que “contribuem ativamente para a captação de fluxos, permitindo atenuar os efeitos da sazonalidade”.

 

Na área ambiental, Marta Guerreiro adiantou investimentos de alargamento e beneficiação da Rede Regional de Centros Ambientais, de cerca de 3,5 milhões de euros, o que evidencia “o empenho e a ambição acrescida nesta matéria”.

 

Do Plano de Investimentos consta, por exemplo, a construção do circuito interpretativo da plataforma costeira das Lajes do Pico, a construção do Centro de Interpretação de Aves do Corvo e do Algar do Carvão, na Terceira, a finalização da casa dos Vulcões e a renovação dos conteúdos do Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos.

 

A titular da pasta do Ambiente adiantou ainda investimentos em projetos que visam “requalificar ou beneficiar zonas reconhecidas pelo seu elevado património ambiental e que, por isso, são cada vez mais procuradas pelos Açorianos e por aqueles que visitam” o arquipélago, enquanto um trabalho já iniciado com intervenções em locais de interesse turístico.

 

Com uma dotação de cerca de 1,5 milhões de euros, destaca-se a requalificação de percursos pedestres da Serra de Santa Bárbara, na Terceira, a construção de uma zona de apoio às descidas e estacionamento na Montanha do Pico, a requalificação do miradouro e trilho da Lagoa do Fogo e a construção do circuito interpretativo da Ponta da Ferraria.

 

A Secretária Regional referiu a entrada em vigor, em 2019, do Programa para as Alterações Climáticas e sublinhou três medidas na área da energia: a Estratégia Açoriana para a Energia 2030, o Plano Regional da Ação para a Eficiência Energética e o Fomento da Mobilidade Elétrica.

 

Segundo a governante, estarão disponíveis em 2019 os primeiros pontos de carregamento para veículos elétricos, através de uma “rede robusta e segura de 26 localizações, que abrangem todas as ilhas e todos os concelhos da Região”, para além da atribuição de incentivos financeiros a este tipo de veículos, “por via de uma discriminação positiva para os seus utilizadores”, num investimento total de um milhão de euros.

 

Sobre as três áreas que tutela, com um investimento total de 55 milhões de euros e um acréscimo de 5,5% face a 2018, Marta Guerreiro reforçou os compromissos do Executivo numa estratégia que salvaguarda o património, ao mesmo tempo que prepara a Região “para os enormes desafios nestes setores, com as pessoas a assumirem uma centralidade e a serem, indiscutivelmente, parte integrante dos processos de decisão”.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores