Radio Atlântida

quarta, 11 abril 2018 09:54

Autonomia “atual e moderna” enfrenta desafio da governança do Mar, afirma Rui Bettencourt

Autonomia “atual e moderna” enfrenta desafio da governança do Mar, afirma Rui Bettencourt Gacs

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas afirmou, em Ponta Delgada, que a Autonomia dos Açores “é de plena atualidade e muito moderna”, sublinhando que pode ser “mobilizadora” e levar as pessoas a participar na definição daquilo que querem para o seu futuro.

 

“A Autonomia dos Açores é estruturante de uma governação que responde com maior eficácia, com mais legitimidade e com maior exigência de proximidade com os cidadãos”, frisou Rui Bettencourt, que falava terça-feira numa conferência sobre ‘A Autonomia e o Governo Regional’, no âmbito do V Curso Intensivo de Segurança e Defesa Açores 2017/2018.

 

O governante, que falava perante os auditores do curso promovido pelo Instituto de Defesa Nacional, salientou ainda que a  Autonomia “expressa e bem a identidade açoriana, permite o exercício do autogoverno e visa a promoção do bem estar do seu povo”, destacando alguns dos desafios que se colocam como de grande atualidade e modernidade para as questões de Autonomia nos Açores.

 

Para Rui Bettencourt, a questão da Autonomia está em “processo de aprofundamento, gradual e dinâmico”, frisando que o grande desafio dos próximos anos e o que vai estar em jogo é a questão do Mar, que é “fundamental” para os Açores, por razões económicas e devido ao desenvolvimento do conceito de economia azul, mas também por questões de transporte e de logística e pela posição geoestratégica do arquipélago.

 

“Certamente que será necessário ver, nos próximos passos, a questão da governação e da gestão das zonas marítimas”, afirmou o Secretário Regional, sublinhando que as leis comunitárias também colocam questões de governança do Mar.

 

Deste modo, considerou que será necessário saber como é que se vai fazer conjugar esta “copilotagem da governação do Mar entre a República, a Região, a União Europeia”, sublinhando que “há que repensar isto e há que clarificar um pouco isto”.

 

O titular da pasta das Relações Externas defendeu assim a concretização e clarificação da questão da gestão das zonas marítimas sob soberania ou jurisdição nacional, nos termos da lei e do direito internacional.

 

Por outro lado, defendeu  a adoção, ao nível da Lei Eleitoral, de “mecanismos que reforcem a participação cívica, com vista a promover um combate efetivo à abstenção”.

 

Nesse sentido, salientou que a Autonomia “deve reforçar os mecanismos de cidadania e participação democrática dos cidadãos”, garantindo o “aperfeiçoamento” da relação eleitor/eleito, com “uma maior proximidade” num momento que é de afastamento dos cidadãos em relação à politica.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores